A tecnologia e as metodologias ativas de aprendizagem

É inegável que a tecnologia, nos dias atuais, desempenha papel fundamental na maioria das atividades, atuando no sentido de facilitar a vida das pessoas. Porém, em algumas áreas, esse papel de demonstra mais efetivo, tornando-se verdadeira ferramenta, sem a qual determinadas ações e projetos jamais seriam possíveis.

Nos últimos anos, temos acompanhado uma verdadeira revolução na vida de todos, nos mais variados aspectos: sociais, econômicos, políticos, culturais. Isso tem influenciado, de forma única, as várias áreas de interesse humano, e alterado, em essencial, uma área muito importante: a área da educação.

Mesmo sendo uma área caracterizada pelo conservadorismo, a educação no Brasil, em especial no segmento acadêmico, tem trilhado mudanças substanciais no que diz respeito ao “formato” do aprendizado, com a inserção, das chamadas metodologias ativas de aprendizagem.

A despeito do método “tradicional”, as metodologias ativas de aprendizagem focam o ensino no aluno, onde esse passa a ser protagonista do próprio aprendizado. Nesse formato, aliado às premissas pedagógicas que envolvem a questão, uma ferramenta essencial a esses projetos é um WIFI de alta qualidade.

Conteúdos online, acesso a plataformas de vídeo, interação de dispositivos, entre outras práticas, somente são possíveis com implantação de um novo conceito de tecnologia para instituições de ensino: o Campus Conectado. Com o Campus Conectado, produto desenvolvido pelo IDC19 – Intelligent Datacenter, a instituição de ensino passa a ter um WIFI de alta qualidade, com velocidade e navegabilidade compatíveis com as necessidades geradas pelas novas metodologias de aprendizagem.

Nesse sentido, por exemplo, temos a Uniamérica em Foz do Iguaçu, Centro Universitário de renome internacional, que aplica as metodologias ativas em 100% de seus cursos. Ryon Braga, diretor-presidente da Faculdade Uniamérica, reforça sobre esse conceito de aprendizado efetivo onde o aluno aprende e não esquece jamais. “Além de não esquecer, você consegue colocar em prática aquilo que aprendeu. A neurociência já provou que no modelo tradicional de ensino, as pessoas aprendem pouco. O modelo onde as pessoas aprendem muito é onde se usa técnicas e ferramentas para que o aluno consiga estudar, discutir, debater, ouvir e elaborar, tudo ao mesmo tempo. E essa, é a metodologia ativa da Uniamérica”.

Com certeza, as metodologias ativas de aprendizagem chegaram para ficar, e, principalmente, revolucionar a forma como aprendemos. E a tecnologia, sempre a serviço da evolução, estará junto, disposta a viabilizar todo o processo.

Deixe um comentário